Resenha: Quando Acreditei em Destino, de Angel Alves
Resenhas / 18/11/2016

Por Débora. Resenha: Julie teve sua vida totalmente mudada pela perda de seus pais. Foi como se todos os seus sonhos, força de vontade e a verdadeira felicidade tivesse morrido com eles. Ela vivia agora sem grandes desafios em vista, como uma folha plainando em direção as águas plácidas de um lago. Uma hora ou outra essa folha iria submergir e talvez a sensação de afogamento a fizesse realmente querer viver, ou não. Aparentemente, mesmo que Julie vivesse com a cabeça enfiada em um buraco, somente aceitando o que a vida lhe trazia, o Destino trabalhava por ela, totalmente em seu favor, mesmo que à primeira vista não parecesse. A dor de perder seus pais não seria a única em sua vida, muitas lágrimas ainda seriam derramadas, amizades seriam consolidadas e outras descartadas, novos sentimentos descobertos, e os antigos… esses talvez tivessem outros nomes. Saber lidar com verdades e mentiras faz parte da vida, só precisamos saber como agir ante elas. O livro é narrado em primeira pessoa, pela Julie, e começa um pouco lento, contando sobre sua vida, depois as coisas começam a ficar mais agitadas e emocionantes. Escrito com um português impecável a autora acertou na receita da…

Comentários da Mari: Boomerang
Literatura , Resenhas / 07/11/2016

Por Mariana Ethan e Mia acordam juntos na cama da casa dele. Não lembram de nada que aconteceu, mas estão nus. Ficam constrangidos, mas precisam se recompor rapidamente, pois ambos, sem saber, terão seu primeiro dia de trabalho. Só que descobrem que os dois são estagiários selecionados da mesma empresa, e que concorreram juntos a vaga no marketing. Para piorar, apesar da óbvia atração entre eles, é proibido relacionamentos entre funcionários da empresa. Só que eles estão cada vez mais envolvidos, sem dizer nada um pro outro nem para ninguém. Agora terão que saber o que realmente é importante para cada um. Um romance divertido, leve, despretensioso, gostoso de ler. Devorei em duas noites! Apesar de ser uma trilogia, os dois próximos livros contarão a história de Adam, o chefão da Boomerang e o outra livro duma amiga da Mia. Como chick lit dou nota 5.   Sinopse Uma história forte de amor proibido no primeiro volume desta trilogia romântica. Mia Galliano e Ethan Vance se conhecem em um bar e a química entre eles é inegável e imediata. Uma coisa leva a outra, e na manhã seguinte Mia acorda na cama de Ethan com a maior ressaca do mundo….

Comentários da Mari: A arte de inventar o amor
Literatura , Resenhas / 16/06/2016

Por Mariana. Acabei de ler um livro realmente ótimo. Depois de quatro livros inacabados, este é daqueles que nos prendem. Um livro sobre amizade, amor, família, crescimento, amadurecimento, escolhas de vida, carreiras e preconceitos. Um pouco de tudo, mas de forma leve, num romance fofo, mas que faz a gente pensar. Realmente gostei muito deste chick lit. 5 estrelinhas! A capa do livro sugere um romance adolescente, mas os protagonistas são jovens adultos de 25 anos aproximadamente, e a sinopse deixa a entender um romance meio pegador, quando na realidade é muito mais um drama. Ou seja, é um livro surpreendente, envolvente, verdadeiro, com sentimento. Grace, a protagonista mora numa cidade do interior dos EUA, é professora de história numa escola particular e não tem namorado. Num casamento de uma prima, tem que inventar um namorado fictício por que a pressão da família fica muito forte, e a mentira vai aumentando cada vez mais. Mas não posso contar muito, por que senão seriam muitos spoillers. Só posso dizer que a irmã dela vai casar com o ex-noivo da Grace, tem um amigo gay que ajuda ela, uma família louca que ela passa o tempo ajudando, um ex-presidiário envolvido, um vizinho gatérrimo,…

Comentários da Mari: O amor mora ao lado
Literatura , Resenhas / 25/05/2016

Por Mariana Sinopse Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker. Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes. Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica… Comentários da Mari: A história é clichê, mas a autora faz tudo tão fofo que a gente lê numa sentada. (De preferência com um pet no colo). A mocinha veio de um divórcio, não quer se envolver com ninguém, “nunca mais“, e tem uma gata de companhia. O vizinho, lindo e gostoso, tem um gato que dá em cima da gata…

Resenha: Apollo, de Lucy Berhends
Resenhas / 07/05/2016

Por Débora. Resenha: Apollo estava na minha lista já há algum tempo, mas somente esses dias pude pegá-lo para ler. Com uma capa que chama a atenção, por ser bem feita, e mostrar o rosto em close do que seria seu personagem principal já me ganhou de primeira, eu sei, sou uma pessoa visual. Narrado em primeira pessoa, pela mocinha Kimberly, vamos acompanhando seus pensamentos, ações e desafios, já que primeira vez em muitos anos, terá que se envolver com pessoas e situações que havia jurado passar ao largo. Ela é independente, linda, rica, abnegada e com muitos fantasmas na bagagem. Apollo é um jogador de futebol em ascensão, também lindo, rico, controlador e determinado. Apaixona-se por Kimberly e tem que batalhar pra que ela aceite tê-lo em sua vida, mas também esconde segredos que os podem afastar, mas enquanto isso não acontece, os dois aproveitam muito a chama sexual que os queima. O livro é bem escrito, sem dramas, um chick lit perfeito pra passar um dia chuvoso lendo, ou sem chuva mesmo, e quem vai esperar a chuva pra ler? Não eu! Infelizmente não consegui me conectar com os personagens, mas isso não desabonou a leitura, que conseguiu me…

Resenha – Super Desapegada, de Jaqueline de Marco
Resenhas / 21/04/2016

Por Dani Carlini. Adorei esse livro. É uma leitura super rápida e fácil. Uma comédia romântica que vale a pena ler. A capa é muito bonita e alegre. A escrita é em terceira pessoa, intercalando entre nossos protagonistas, Raquel e Eric, particularmente eu gosto muito desse tipo de narrativa, assim temos uma visão mais completa da história. Bem, nossa mocinha é Raquel, uma jovem independente financeiramente, mas muito dependente de outra pessoa amorosamente. Ele é uma assessora de marketing muito competente e uma blogueira nas horas vagas. Em seus posts ela fala sobre desapego, lutar pelo que quer, buscar a felicidade, mas ela mesma não segue seus conselhos. Eric é um vizinho de infância de Raquel, um garoto arteiro e que passou a infância e adolescência implicando com ela. Mas agora já adulto Eric a deixa muito intrigada e o encontro deles provoca algumas emoções, ações e reações. Raquel, após 15 anos amando em segredo seu melhor amigo Alan, resolveu que iria se declarar, mas ela nem teve a chance pois Alan a surpreendeu ao anunciar que vai se casar com Bianca, irmã de Eric, que há muito não via mais. Ela o reencontra onde nunca imaginou vê-lo e surpreende-se com ele,…

Resenha: Meu namorado literário, de Gleize Costa
Resenhas / 14/04/2016

Por Débora. Resenha: Nós, leitoras viciadas, que participamos de blogs e grupos no face, whats, e tudo o mais que fale sobre livros… sempre brincamos sobre qual o personagem que gostaríamos que fosse real ou qual seria perfeito para nós, ou qual o lugar sobre o qual lemos e que adoraríamos conhecer, inúmeras são as brincadeiras que fazemos, mas nesse livro, tudo se tornou real. Já imaginou?! Jade, de personalidade forte, uma boa amiga, boa filha, havia tido uma desilusão amorosa e por isso fez um trato consigo mesma: nada mais de namorados, nem livros de romance, que era pra não dar aquela coceirinha. Até que um dia, quando estava na casa de sua amiga, viu um livro que teria que ler, pois a capa era perfeita, mostrando um pôr do sol lindo (eu totalmente me identifico com Jade, há livros que me ganham pela capa, se serão bons… aí já é outra história) e havia também um homem de costas. Bem, Jade amou o livro, o leu várias vezes e ficou totalmente apaixonada pelo protagonista da trama, então eis que um dia ele aparece na sua frente, totalmente interessado nela. O que fazer?? Hã?! O que?! Mermã, vou nem falar que é…

Resenha: Perfeita pra Mim, de Halice FRS
Resenhas / 12/02/2016

Por Débora. Sinopse: Bonito, profissional estabelecido, instrutor de violão nas horas vagas, um dos destaques de seu grupo. Aos 25 anos, Caio Ressali conseguia quantas garotas ele quisesse ter. Invariavelmente as abatia ao conquistá-las nas baladas ou na praia, sem nunca se apaixonar. Por mais que tentasse, jamais aconteceria, pois seu coração abrigava um amor inabalável; nascido há dez anos. Ao conhecer Norah Mendes, ainda na adolescência, Caio a considerou dona de todas as qualidades que admirava no sexo oposto e sua impressão não mudou com o passar do tempo. Por uma graça do destino, Norah contava com 17 anos a mais e via nele somente o sobrinho emprestado, o amigo dos filhos. No entanto, Caio não perdeu a esperança de conquistá-la e bastou perceber que Norah tinha deixado o luto para mostrar a ela que não era um menino. E que sempre a considerou perfeita. Torne a se apaixonar… N/A: Perfeita pra Mim é um romance contemporâneo contém tema adulto.   Resenha: Quem nos acompanha, certamente irá lembrar que eu resenhei o livro PROIBIDO PRA MIM, da mesma autora. Perfeita pra mim contém os mesmo acontecimentos de Proibido pra mim, só que desta vez contados sob o ponto de vista…

Resenha: Irresistível Atração, de Karina Motta
Literatura / 11/02/2016

Por Débora. Sinopse: Alice Mitchell, 26 anos, órfã de pai e mãe duas vezes. Ela ama cozinhar, e fez todos os cursos de culinária que seu dinheiro pôde pagar. A dança é outra de suas paixões, dançar a liberta, e ela adora essa sensação. Uma garota pé no chão, e apaixonada pela vida. Mas o destino lhe pregou uma peça. Ethan Johnson, 33 anos, rico, mulherengo, arrogante e mimado. Um playboy clássico. Adora festas e ter mulheres aos seus pés, mas quando encontra a linda Alice dançando, só de calcinha e sutiã, e que aparentemente não está nem aí pra ele, isso o deixará perturbado. Ele a quer em sua cama custe o que custar.   Resenha:  Muitas mulheres acreditam que podem mudar um homem, seja durante o namoro ou casamento. Muitas vezes elas os conhecem, sabem dos seus defeitos mas creem que com o tempo conseguirão fazê-los mudar aquela atitude que tanto as desgostam. A verdade é que em sua maioria isso não acontece como elas querem, então ou elas se acostumam ou partem para outro relacionamento. Porém, uma parcela pequena, obtém êxito. Pode-se atribuir à mulher os louros de tais mudanças? Eu acredito que não. Penso que uma pessoa…